top of page
  • Foto do escritorBank of Mind

Desafios da digitalização

Atualizado: 10 de nov. de 2023

A transformação digital está apoiada em alguns pilares básicos, veja abaixo:

loja online
loja online

Você já deu uma rápida olhada nos desafios apontados por algumas pesquisas para o cenário da digitalização no Brasil. Agora, chegou a hora de entender detalhadamente o que precisa ser feito para que as empresas se adaptem ao novo contexto digital do mercado.


Para começar, a transformação digital está apoiada em alguns pilares básicos, que incluem:

“O desafio é também a mudança de mindset de quem está a frente dos times de trabalho.”

– o foco constante no consumidor, desvendando seus desejos e preferências; – a geração de feedback para corrigir falhas em tempo hábil; – a eficiência das entregas, agilizando o processo de criação de soluções; – a adaptabilidade e flexibilidade ao incorporar processos mais modernos. Mas, apesar da tentativa de abranger todos esses aspectos, ainda é possível encontrar obstáculos pelo caminho. Vamos dar uma olhada neles!

Pouca iniciativa para as mudanças


Muitos líderes subutilizam os recursos disponíveis hoje porque acreditam que "em time que está ganhando não se mexe". Assim, desenvolvem uma espécie de receio de fazer a transição de um estilo organizacional lento e burocrático para outro interconectado, intuitivo e fluido.

Por isso, o desafio é também a mudança de mindset de quem está a frente dos times de trabalho. Nessas circunstâncias, é fundamental trabalhar com exemplos e cases constantes de empresas que passaram pelo processo de digitalização e obtiveram sucesso. Assim, além da motivação, as lideranças ainda têm algumas sacadas de como executar o seu próprio processo

Barreiras da cultura da empresa


“Tudo depende principalmente de uma mudança comportamental dos níveis mais altos da hierarquia.”

Algumas pessoas enfrentam uma série de dificuldades em incorporar novos processos às suas rotinas, especialmente aquelas que estão há muito tempo fazendo as mesmas atividades, da mesma maneira. Nesse caso, estamos falando de uma cultura organizacional mais lenta e burocrática. Logo, fazer com que a mudança realmente ocorra, imprimindo um ritmo de trabalho mais ágil, depende principalmente de uma mudança comportamental dos níveis mais altos da hierarquia. Assim, ela pode ser transmitida gradualmente às demais equipes, até que a transformação digital se torne algo natural.


Armazenamento de dados inadequado


As empresas já têm acesso a um volume expressivo de dados sobre os seus clientes, fornecedores e até sobre o seu ambiente interno. No entanto, para que tudo isso possa ser transformado em informação relevante para a tomada de decisão, é necessário ter espaço para armazenar todas essas entradas e processá-las adequadamente.

Porém, fazer isso internamente é bastante oneroso, porque demanda a instalação de uma infraestrutura de TI robusta. Por isso, muitas empresas recorrem ao serviço de armazenamento em nuvem terceirizado e aos sistemas de dados integrados, que facilitam as análises e geram insights mais valiosos para os gestores.


Dificuldades técnicas


O que difere as empresas que estão surfando a onda da transformação digital das que estão tomando um caldo dessa mudança é justamente a capacidade técnica de lidar com os novos recursos. Em outras palavras, falta pessoal qualificado para trabalhar com a tecnologia da informação de forma avançada.

Por isso, é crucial investir massivamente no treinamento e capacitação das suas equipes de TI, além de avaliar constantemente as alternativas de expansão do seu arsenal de ferramentas. Quanto melhor as pessoas estiverem preparadas para lidar com os aspectos técnicos da transformação digital, mais fácil será a transição.


Falta de investimentos


Os gestores empresariais precisam estar dispostos a aplicar os seus recursos na transformação digital se quiserem vê-la decolar e gerar resultados expressivos. Não adianta, por exemplo, começar a alocar recursos modestos em pequenas alterações — afinal, isso não vai se traduzir em grandes avanços.

Por isso, é muito importante que todo investimento esteja baseado em um planejamento de longo prazo. Assim, embora as aplicações sejam menores no início, elas farão parte da construção de um plano maior. E, quanto mais resultados forem colhidos, mais dinheiro pode ser reinvestido no aprimoramento dos detalhes.


Vulnerabilidade na segurança digital


A falta de segurança, além de ser um grande desafio, também pode colocar a perder todo o plano de transformação digital da empresa. Isso porque quanto maior é a exposição digital de um negócio, maior tende a ser o risco dele sofrer eventuais ataques.

Portanto, para evitar o vazamento ou sequestro de informações, por exemplo, a segurança digital precisa estar entre as prioridades do negócio. Invista na segurança, desenvolva uma boa criptografia de dados, mantenha os backups em dia e treine sua equipe para evitar golpes simples.


Conseguir parcerias estratégicas para a transformação


Outro grande desafio é conseguir estabelecer relações confiáveis com parceiros estratégicos e eficientes. Muitas vezes, as empresas especializadas em transformação digital não conseguem se adequar à mentalidade do negócio ou não entender suas principais dores e dificuldades.

Por isso, o parceiro certo é uma decisão crucial para uma transformação digital de sucesso. É ele quem vai ajudar a avaliar os cenários, a planejar as mudanças, a implementar as novas soluções e até a medir os resultados colhidos a partir dos investimentos.


(Fonte: DocuSign)

19 visualizações0 comentário

Descubra a solução do Bank® para o profissional de marketing eficiente

Mais do Bank®

Nunca perca uma atualização

Obrigado por sua assinatura.

bottom of page